Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Simple Life

Vida simples, felicidade plena. Esta é a historia das historias

Simple Life

Vida simples, felicidade plena. Esta é a historia das historias

Afastamento

    Hoje o dia foi recheado de sentimentos ao qual não é fácil digeri, parece que voltei á 10 anos atras, veio tudo novamente á memoria, a dor, o aperto no coração e cada quilometro que fazia mais a dor era maior. O que será que quer dizer esta dor? Novamente a impotência, novamente a interrogações, novamente o quer e não poder, o quer deitar tudo para trás e seguir o meu sonho, a minha felicidade, voltar para aquele olhar profundo, penetrante que só ele me consegue dar, aquele olhar de inocente, aquele olhar que acalma. Mas isto não é um conto nem uma história daquelas que lê nos livros, é a minha história é a minha realidade dura e crua. Hoje não tenho 20 anos, hoje tenho responsabilidades, compromissos, hoje aquela menina que conseguia tudo e que movia montanhas está escondida numa paixão, num amor, que lhe roubaram, num amor que nem ela mesmo pensava que era amor, mas era amor e muito amor. Um amor duradouro, um amor eterno, um amor que era para sempre, um amor verdadeiro, um amor que movia mundos, um amor que quero voltar a ter, a consumir, a vive-lo intensamente, um amor de dois e mais ninguém, um amor só nosso, um amor que tu e só tu sabes dar. Quero esse amor, para esta alma voltar, quero esse amor, porque esse amor era meu, quero esse amor por era nosso. Quero-te…hoje sei que te quero… hoje sei que és meu…hoje sei que é para sempre.

Mais uma etapa na tua vida, que espero que consigas vencer com todo o sucesso, porque tu és brilhante naquilo que fazes, porque tu sabes quem és e porque tu és meu J . Eu sei, que vim te destabilizar até a mim mesma, sei quanto tu vais sofrer ao passar aquelas portas de embarque, eu sei que vais olhar enumeras vezes para a porta principal para ver se eu estou lá, eu sei que todas as recordações naquele aeroporto, tantas lagrimas deitei naquele aeroporto, vais voltar a recordar, tantas despedidas e cada uma pior do que a outra era sempre “passa rápido” ou “amo-te muito” ou “força amor tu consegues”, quantas vezes dissemos isso, mas quantas vezes só dissemos “adeus amor”. Depois passarás aquelas portas de embarque sempre com a lagrima, depois irás sentar te á espera que o maldito te leve para a maldita terra que nos separou, e nesse momento irias ligar para mim para perguntar como estava a correr a viagem, só que desta vez não estarei lá, nem estarei para te atender o telefone, que raio de vida. Que raio… não poder abandonar tudo e correr para tu abraços… que raio de vida que eu escolhi. Que raio… depois entraras no maldito e fecharas os olhos e irás recordar a merda destas duas semanas que nos roubaram, a merda de 4 anos que nos roubaram e merda de escolhas que optamos. E o maldito te levará para a terra que nos separou. E ai pousaras os pés na terra que te acolheu e deu te a vida que tens, porque essa maldita terra deu te coisas boas, deu te a maturidade, deu o poder económico e dá te dores de cabeça, e dai para a frente terás os quatro meses até nos voltar a unir novamente e espero-te dar a melhor noticias de todas, espero-te compensar de todo o mal que te fiz espero ter te nos meus braços, sem nenhuma barreira e dizer-te “agora é para sempre”, “agora somos só nós os dois” “Agora és meu para todo o teu sempre”. Dizem que as mais belas historias de amor são as que mais entraves teve, a nossa não pode ter mais, este ano fazíamos 13 anos de namoro, 13 anos… eu até gosto do numero 13… 13 da nossa senhora de Fátima. E começamos num ano par, separamos num ano impar, por isso o 2018 é nosso, par, ano par.

Amor, já vai logo o texto, mas tu que estás desse lá estás a sentir as minhas palavras e não te quero fazer sofrer mais, só te digo FORÇA. És um lutador, por isso já és um VENCEDOR.

Se soubesses o quanto custou me escrever isto e quanto tive que conseguir arranjar as melhores palavras, não está aqui tudo o que te queria dizer,mas um dia conto a minha historia a nossa historia. Um dia contarei... um dia amarei te... um dia... 

Até já pequenote e Boa sorte

1 comentário

Comentar post